Fechar

.

CLIQUE AQUI E CONFIRA COMPUTADORES EM PROMOÇÃO!!!

CADEIRAS GAMER USE CUPOM PLAYGAME

 CLIQUE AQUI E CONFIRA

BONECOS DE COLEÇÃO (CLIQUE AQUI) COM ATÉ 7% DE DESCONTO! 

Cadastre-se em nosso site e receba ofertas e promoções exclusivas!

-7%

Os direitos dos povos indígenas - 1ª Edição | 2021
R$159,00 R$147,87
12x de R$14,85    
1x R$147,87 sem juros 2x R$73,94 sem juros
3x R$49,29 sem juros 4x R$39,77 com juros
5x R$32,28 com juros 6x R$27,29 com juros
7x R$23,72 com juros 8x R$21,06 com juros
9x R$18,98 com juros 10x R$17,33 com juros
11x R$15,97 com juros 12x R$14,85 com juros

Marca:: ALMEDINA
Modelo:: Livro
Produto em estoque


Calcule o frete para sua região

Edição: 1ª Edição
Autor: Samia Roges Jordy Barbieri
Acabamento: Brochura
ISBN: 9786556273433
Data de Publicação: 31/08/2021
Formato: 23 x 16 x 2.2 cm
Páginas: 408
Peso: 0.55kg


Sinopse

A visão do Direito dos Povos Indígenas sempre foi tratada de forma limitada ao uso e posse da terra, na visão privatística do Direito Civil. Procurando ser uma obra conteudista e útil a todos os estudiosos, analisamos os mais variados aspectos, desde os direitos humanos universais e fundamentais, como dignidade da pessoa humana e igualdade entre os povos, até os específicos aos Povos Indígenas, enfocando a emergência e visibilidade destes povos no âmbito internacional, como sujeito de direitos. Podemos destacar ainda a análise do tema sobre a diversidade biológica em países megadiversos como o Brasil, o conhecimento tradicional associado à biodiversidade e a biopirataria sobre os conhecimentos dos povos indígenas sem a devida contrapartida pela prática da biopirataria. Precisamos lutar para que populações culturalmente diferenciadas possam participar da sociedade mantendo a sua identidade cultural preservada, buscando novos mercados consumidores para a venda de seus artesanatos e produtos, mas como sujeito de direitos e protagonistas da sua própria história.
Nota: HTML não suportado.
Avaliação
Ruim Bom

Etiquetas: 9786556273433, Povos indígenas, dignidade da pessoa humana, direito à diferença, princípio da igualdade, direito indigenista, Lei 13.123/2016, Marco Legal da Biodiversidade, biopirataria, Acordo Bioamazônia, Estatuto do Índio